Epson anuncia a chegada de dois novos scanners portáteis ao Brasil

A Epson do Brasil, empresa líder de soluções de imagem digital, anunciou o lançamento de dois scanners de documentos portáteis, os modelos WorkForce® ES-200 e WorkForce® ES-300W, que chegam para complementar sua linha.

Os novos modelos têm como principal foco profissionais que estão sempre em trânsito e precisam verificar e compartilhar rapidamente um documento ou cartão de visita com o escritório, uma necessidade cada vez maior hoje em dia. Eles também oferecem as velocidades de digitalização mais rápidas em sua classe e permitem aos usuários digitalizar uma variedade de documentos em frente e verso, em grandes quantidades. Mais importante, o tamanho portátil permite que os usuários mantenham tudo organizado, independentemente de onde eles estão. Estas características posicionam os novos scanners como uma solução ideal para pequenos e médios negócios, além de trabalhadores autônomos ou que atendem in loco.

Pesando menos de 1,5kg, os scanners compactos possuem velocidades de até 25 ppm / 50 ipm e incluem um alimentador automático de documentos de 20 páginas (ADF) para uma fácil leitura em lote. Ambos podem ser alimentados através de cabo de energia ou USB 3.0, ajudando os usuários a ficarem organizados no escritório ou na estrada. Além disso, o ES-300W pode ser alimentado por bateria e oferece recursos sem fio para digitalização para smartphones, tablets, computadores ou contas de armazenamento online.

O ES-200 e o ES-300W incluem também drivers TWAIN para integração simples com praticamente qualquer software de gerenciamento de documentos, permitindo que as empresas economizem tempo e dinheiro digitalizando diretamente arquivos em seu fluxo de trabalho existente. Ambos os modelos também possuem tecnologia de processamento de imagem Epson para ajustes de texto e imagem, como remoção automática de página em branco e fundo. Além disso, estão equipados com um pacote de software robusto, incluindo Epson Document Capture, ABBYY® FineReader OCR e NewSoft® Presto! BizCard®. O software OCR pode ser usado para criar PDFs pesquisáveis ​​ou arquivos editáveis ​​com Word® e Excel®.

(Fonte)

Océ Colorado 1640 apresenta nova tecnologia Canon UVgel

No último mês de Novembro, a Canon lançou sua nova impressora “64,  a Océ Colorado 1640, desenvolvida para trabalhar facilmente com altos volumes de impressão. Com carregamento de mídia totalmente automatizado, ela garante impressões com qualidade “on-the-fly”, produzindo imagens fantásticas para impressões profissionais. Ela funciona com uma ampla variedade de materiais inclusive mídias sensíveis ao calor.

A tecnologia UVgel, presente na Océ Colorado 1640, é a grande inovação apresentada pela Canon. A UVgel combina uma tinta UV desenvolvida pela Canon que instantaneamente congela ao entrar em contato com a mídia, uma avançada tecnologia de cabeças inteligentes “self-aware” e um sistema UV baseado em LED, que atua sem adicionar qualquer calor prejudicial à mídia.

A nova Océ Colorado 1640 é a impressora de 64” mais rápida do mercado. Possui uma velocidade máxima de 159m2 por hora e oferece alta qualidade com impressões POP a 40 m2 por hora, uma das mais rápidas deste segmento. A nova tinta UVgel gera instantaneamente o contato com a mídia resultando em ganho de ponto e controle precisos da gota, imagens perfeitamente repetíveis e impressões duráveis. O avançado sistema de cura LED-UV de baixa temperatura move-se independentemente do carro de impressão, permitindo uma distribuição UV uniforme na pós-impressão que contribui ainda mais para a velocidade e qualidade de impressão.

A impressão autônoma confiável, a garantia de qualidade automatizada, a mudança automática de rolo e o desperdício de impressão reduzido, contribuem para a alta produtividade.

A Océ Colorado 1640 estabelece um novo padrão em industrialização e automação. Ela conta com mecanismo de gaveta resistente que suporta até dois rolos de mídia ao mesmo tempo, cada um pesando até 50 kg. Os dois rolos podem ser do mesmo tipo e tamanho de mídia ou diferente e, uma vez inicializado, o mecanismo de impressão pode alternar trabalhos entre os rolos sem a assistência do operador.

Se uma mídia desconhecida for carregada, a impressora medirá automaticamente sua espessura e ajustará a diferença de acordo com os novos parâmetros. Isso garante a melhor qualidade de impressão possível e reduz o risco de falhas nas cabeças de impressão. Esta informação é então armazenada na biblioteca de mídias juntamente com outros parâmetros para que na próxima vez que for usada, a impressora saiba exatamente como operar.

As cabeças de impressão UVgel incorporam monitoramento contínuo de bicos (nozzeles) patenteados para detectar e corrigir falhas ou baixo desempenho. Durante cada passagem de impressão, a tecnologia patenteada de monitoramento de bicos da Canon verifica automaticamente todos eles usando amostragem acústica capaz de detectar se os algum deles falhará antes mesmo que eles realmente o façam. Em caso de falha, a manutenção corretiva é executada automaticamente.

Além disso, a exclusiva tecnologia UVgel da Canon possui dispersão de tinta ultrafina com quase nenhum perfil físico visível na superfície da mídia. As impressões são únicas e suaves, ao contrário de outras tecnologias de tinta UV, e satisfazem os mais altos padrões ambientais para uso interno com um perfil praticamente inodoro.

Como com todas as impressoras de rolo a rolo, um fator importante na qualidade de impressão e na faixa de aplicação é a precisão com que a impressora avança a mídia. Construído sobre chassi robusto para atuar com precisão e equipado com componentes industriais, o sistema de transporte de mídia usa um leitor óptico que monitora continuamente o avanço. Usando marcas de índice impressas praticamente invisíveis nas bordas da mídia, o sistema mede os avanços das mídias em tempo real para corrigir automaticamente o passo da etapa seguinte, conforme necessário.

A previsão de chegada da Océ Colorado 1640 ao Brasil é em março do ano que vem, segundo informações da empresa.

Epson apresenta nova linha de impressoras de etiquetas

A Epson participou da última edição do Label Latino América, considerado o maior evento de tecnologias para etiquetas e rótulos da América Latina, ocorrida em São Paulo no final do mês de agosto.

O principal destaque da Epson será a Epson ColorWorks C7500G. Lançada em 2016, a impressora oferece altos níveis de produtividade, com excelente qualidade de impressão e confiabilidade para impressão colorida de rótulos e etiquetas personalizadas e sob demanda. Ela pode imprimir a velocidades incríveis de 300 mm por segundo ou 1000 rótulos de 4×3 polegadas em 10 minutos, e conta com cartuchos de tinta para alto desempenho de impressão e a nova tecnologia de cabeça de impressão PrecisionCore® TFP com cabeça fixa.

Fácil de usar, a ColorWorks C7500G é compatível com o sistema operacional Windows e softwares como Bartender, Nicelabel e Codesoft, e vem com cortador automático e sistema para impressão em rolos. Além disso, para facilitar a manutenção, dispõe de um sistema de autodiagnostico na cabeça de impressão, que mantém a qualidade das impressões ao detectar e limpar ocasionais obstruções que poderiam gerar riscos e falhas. Durante todo o evento, os visitantes poderão ver demonstrações da impressora diretamente no estande da Epson.

Outros modelos da linha ColorWorks que estarão disponíveis no evento são a Epson ColorWorks C3500 e C381. A C3500 é uma impressora colorida de etiquetas e rótulos de alta qualidade, e tem como principal destaque sua versatilidade, imprimindo em mídias de diversos materiais, como papel, BOPP, nylon e muitos outros. As mídias podem conter etiquetas pré-recortadas ou podem ser contínuas, já que a impressora é equipada com guilhotina e tem a capacidade de cortar as etiquetas no momento da impressão de tamanhos variados conforme a necessidade da aplicação. Sua velocidade de impressão é de até 100 mm por segundo, atende à norma DS5609 para GHS e tem impressão durável.

A Epson ColorWorks C381, por sua vez, é uma impressora desenhada para ambientes mais agressivos, como fábricas e centros de distribuição, onde a poeira e resíduos existentes são mais frequentes que nos escritórios. Este equipamento resistirá a estes ambientes devido ao seu design e projeto mecânico. A alimentação de mídia acontece por tracionamento de mídias com remalina. Suas aplicações são as mais variadas, pois a impressão é a jato de tinta, que poderá ocorrer em papel ou BOPP. Certificada com a norma DS5609, é amplamente utilizada na impressão etiquetas grandes (até 8 polegadas de largura) para GHS e produtos químicos.

A Epson apresenta, ainda, a TM–L90 Plus., uma impressora térmica de etiquetas e recibos que pode imprimir texto e gráficos com velocidade de até 150mm/s, e conta com guilhotina. Ela tem como diferencial conectividade Dual, por meio de USB + Serial, Paralela, além de conexão por cabo Ethernet e Wireless. Por fim, a impressora traz um amplo suporte a impressão nativa de códigos de barras.

A Epson é também patrocinadora da Academia de Etiqueta, uma área de 100m² no evento com palestras técnicas oferecidas pelo SENAI. A Epson ColorWorks C7500 será demonstrada durante a palestra “A impressão digital na produção de rótulos e etiquetas”.

BNDES amplia financiamento para setor editorial

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ampliou o apoio do Cartão BNDES para o setor editorial. Serviços de editoração de livros nos formatos impresso e digital, destinados à publicação, passam a ser passíveis para financiamento.

Além de fortalecer o setor editorial, a iniciativa pode oferecer a oportunidade de trazer para o mercado, em formato digital, um conjunto de obras que, atualmente, encontram-se esgotadas em formato impresso.

Atualmente, já são financiadas a impressão de livros e a aquisição de papel destinado à produção de exemplares. Entre os novos itens financiáveis estão revisão e preparação de texto, incluindo tradução; projeto gráfico e arte, inclusive com capas e ilustrações; diagramação e paginação, com inclusão das etapas de pré-impressão; conversão de conteúdo para formato digital; e serviços de catalogação.

A ação permitirá o fomento de novos negócios, tais como bibliotecas digitais e serviços de streaming (arquivos de áudio e vídeo disponibilizados na internet), agregando mais valor à cadeia do livro.

As empresas que desejarem se credenciar como fornecedores desses serviços no portal de operações do Cartão BNDES deverão atender a alguns critérios, tais como: ter dois anos de constituição comprovada (CNPJ); possuir site próprio; e comprovar serviços prestados a pelo menos três empresas.

Os fornecedores devem ainda ser cadastrados na Receita Federal em CNAEs que os credencie a prestar serviços de edição de livros; edição integrada à impressão (de livros, jornais, revistas ou outras publicações); pré-impressão; tradução, interpretação, revisão e similares; e atividades de artistas plásticos, jornalistas independentes e escritores. Não estão passíveis de credenciamento agências de publicidade, comunicação e web design.