Kyocera apresenta uma das mais rápidas cabeças de impressão do mercado

A Kyocera desenvolveu uma das cabeças de impressão de jato de tinta mais rápidas do mundo. A KJ4C-0360 é uma cabeça de impressão piezoelétrica de 360dpi, capaz de produzir na velocidade de 50 metros por minuto, disparando gotas de tinta com volumes entre 15 a 84 picolitros.

Desenvolvida para utilização industrial, a KJ4C-0360 possui largura efetiva de impressão de 109mm, trabalhando com tintas à base de óleo ou água. Além disso, a Kyocera conta com uma tecnologia patenteada de recirculação, que inibe a sedimentação e a secagem de tinta, mantendo a temperatura constante, o que previne falhas nos disparos de tinta.

A KJ4C-0360 permitirá imprimir, com alta resolução e velocidade, nos mais diversos materiais, como tapetes, cerâmicas e dispositivos médicos, como pílulas. Também é possível a impressão de qualidade em mosaico, incorporando todas as cores, desenhos e padrões possíveis.

A Kyocera expandiu sua presença no mercado europeu para a jato de tinta com a abertura de um novo laboratório de testes para cabeças de impressão em Esslingen, Alemanha.

A empresa japonesa está usando um gotas de observação em laboratório para investigar o comportamento de gotas de uma escala picoliter cabeça de impressão.

Impressão Digital: CSMEG e associados se reúnem para discutir tendências do mercado.

A Câmara Setorial de Máquinas e Equipamentos Gráficos (CSMEG), da Abimaq, reuniu no último mês, associados e convidados para discutir as tendências futuras do mercado de impressão digital e necessidades de investimento no setor. A Abimaq é responsável por representar a indústria nacional de máquinas e equipamentos para a indústria gráfica, nos ramos de pré-impressão, impressão e acabamento.

Nessas reuniões os associados convidam um cliente para fazer a apresentação de sua empresa e de seu mercado de atuação. Nessa última, foi a vez do convidado foi Luiz Monzillo, da Water Vision Comunicação Visual (SP). Ele foi convidado pelo gerente de comércio exterior da Ampla, Ricardo Augusto Lie.

No encontro, Monzillo apresentou a sua empresa, os trabalhos já realizados, além de comentar as tendências a curto, médio e longo prazo para o setor. A CSMEG busca em conjunto com a Abimaq e órgãos públicos e privados, alternativas de crédito para que as empresas gráficas consigam alavancar seus negócios através de linhas especiais de crédito.

Discutiram, também, sobre as negociações que estão sendo conduzidas pela Abimaq e pelo Governo Federal para que as taxas da FINAME PSI sejam renovadas, no próximo ano, além do plano de trabalho da CSMEG para 2014.

Epson se aventura no mercado de impressão têxtil

A Epson reforçou seu arsenal e investiu no Mercado Têxtil, lançando a SureColor SC-F2000, sua primeira impressora de impressão direta de t-shirts (camisas) e outras peças de roupa. A expectativa do mercado é gerar 200 milhões de euros no ano que vem. Essa impressora fornece um desempenho elevado e baixo custo, permitindo que as pequenas e médias empresas tirem proveito disso ao oferecer um serviço de design novo e impressão das t-shirts.

As lojas de t-shirts também vão ganhar com isso. As vantagens da tinta utilizada são que ela não estala com facilidade e seu toque é suave à pele. O sistema pode ser configurado de acordo com as necessidades da empresa. Dos dois conjuntos de tinta CMYK, você pode escolher um para peças de vestuário brancas ou CMYK com até quatro tintas brancas para roupas coloridas.

A Epson também inclui no kit, um software que calcula os custos, capaz de estimar quanto ficará a impressão, levando em consideração a quantidade e custo da tinta em cada trabalho. Com ele, os designers também podem produzir t-shirts, bonés e malas personalizadas com espessura máxima de 25 mm.

A SC-F2000 é capaz de imprimir uma t-shirt branca em 27 segundos em modo de cor dupla e uma t-shirt escura em 1 minuto e 51 segundos, graças a duradoura cabeça de impressão TFP da Epson que reúne rapidez e qualidade. A impressora está disponível no mercado a partir desse mês.

Impressão 4D agita o mercado.

A impressão 4D promete revolucionar o Mercado ao construir objetos em poucos segundos. O projeto chamado Cyborg foi criado pelo diretor de programação tecnológica da Autodesk, Carlos Olguin. A proposta do projeto é encurtar o tempo dos processos de modelação por meio de uma base de dados de supercomputadores espalhados ao redor do mundo.

Cadeiras de “sensações” e robôs anti-cancerígenos são as duas apostas de Carlos Olguin, com o intuito de tornar a tecnologia mais acessível. Universidades renomadas como Harvard e MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) estão testando as capacidades do projeto, a fim de programar fisicamente e biologicamente materiais para mudarem de forma e propriedades.

Nos testes feitos em Harvard, estruturas proteicas já estão sendo construídas através do software da AutoDesk, com os recursos do ADN, que é um material estrutural útil, uma vez que evolui de forma controlada.